Português Inglês Persa
Hoje é Domingo, 19 de Maio de 2019

República Islâmica do Irã

Veja algumas informações sobre a República Islâmica do Irã







Informações Gerais

 

Condição geográfica : 35 41 N 51 25 E
Área : 1,648,195 km2 (18th)
Capital : Teerã
Idioma oficial: Persa (Farsi)
Outros idiomas falados: Persa, Armênio, Azeri, Curdo, Lori, Gilaki, Balochi, Mazandarani, Árabe, Turcomeni
Líder supremo :Ayatollah Seyed Ali Khameini

 

Presidente : Dr. Hassan Rohani
População : 77,447,168 milhões
Unidade monetária : Rial Iraniano (IRR)
Domínio na Internet : .IR
Código de Telefonia Internacional : 0098
Calendário : Solar

 






Indústrias



Exportação

Exportação


Petróleo e derivados, produtos petroquímicos , Tapetes e artesanatos, Caviar, frutas e frutas secas (pistache, passas e tâmaras), couro, aparelhos e vestidos, os gêneros alimentícios

 

importacao

Importações


Máquinas, metais industriais, medicamentos, derivados químicos, carne & frango, grãos, açúcar; extrato e polpas de fruta

 



industria

Indústrias


Petróleo, Petroquímica, Têxtil, Cimento e outros materiais para construção civil e derivados, alimentos (especialmente a refinação de açúcar e extração de óleo comestível).

 

agricultura

Agricultura


Algodão ,trigo, arroz, grãos, frutas, sementes oleaginosas, como pistache, amêndoa, nozes

 






Províncias

 

Províncias do Irã : 31 províncias

Principais capitais:
Karaj, Ardabil, Tabriz, Urmia, Bushehr, Shahrekord, Shiraz, Rasht, Gorgan, Hamadan, Bandar Abbas, Ilam, Isfahan, Kerman, Kermanshah, Bojnourd, Mashhad, Birjand, , Ahvaz, Yasuj, Sanandaj, Khorramabad, Arak, Sari, Qazvin, Qom, Semnan, Zahedan, Tehran, Yazd, Zanjan.






Feriados oficiais no Irã


Martírio do Imam Jafar Sadegh

30.07.2016

Martírio do Imam Jafar Sadegh

EID GHORBAN (festa de sacrifício)

12.09.2016

EID GHORBAN (festa de sacrifício)

Eid Ghadir

20.09.2016

Eid Ghadir

Tassua

11.10.2016

tassua

Ashura ( dia de Martírio do Imam Hussein)

12.10.2016

Ashura ( dia de Martírio do Imam Hussein)

Quadragésimo dia do martírio de Imam Hossein

20.11.2016

Quadragésimo dia do martírio de Imam Hossein

Falecimento do profeta Maomé & Martírio do Imam Hassan

28.11.2016

Falecimento do profeta Maomé & Martírio do Imam Hassan

Martírio do Imam Reza

30.11.2016

Martírio do Imam Reza

Aniversário do profeta Maomé e Imam Jafar Sadegh

17.12.2016

Aniversário do profeta Maomé e Imam Jafar Sadegh

Anniversary of the Islamic Revolution

10.02.2017

Martyrdom of Hazrat Fatemeh

02.03.2017

Chahar-Shanbeh Soori

14.03.2017

Oil Nationalization Day

19.03.2017

Nooruz (Persian New Year)

21.03.2017

Islamic Republic Day

01.04.2017

Sizdehbedar (Nature Day)

02.04.2017

Iman Ali's Birthday

11.04.2017

The Prophet's Ascension (mabaath)

24.04.2017

Iman Mahdi's Birthday

12.05.2017

Demise of Imam Khomeini

04.06.2017

15th Khordad National Uprising (1963)

05.06.2017

Martyrdom of Imam Ali

16.06.2017

Eid-e-Fitr (End of Hamadan)

26.06.2017

The Day after Eid-e-Fitr

27.06.2017

Martyrdom of Imam Jafar Sadegh

20.07.2017

EID GHORBAN (FEAST OF SACRIFICE)

01.09.2017

Eid Ghadir

09.09.2017

Tassua

30.09.2017

Ashura (dia de Martírio do Imam Hussein)

01.10.2017

40th day of martyrdom of Imam - Hussein Arba'in e Hosseini (40th days after ashura)

09.11.2017

Demise of Prophet Mohammad and martyrdom of Imam Hassan

17.11.2017

Martyrdom of Imam Reza

19.11.2017

Birthday of Imam Hassan Asgari

27.11.2017

Birthday of Prophet Mohammad and of Imam Sadegh

06.12.2017

Aniversário da Revolução Islâmica

11.02.2018

Martírio de Hazrat Fatemeh

20.02.2018

Chahar-Shanbeh Soori

14.03.2018

Dia de Nacionalização do Petróleo

20.03.2018

Nooruz (Ano Novo Persa)

21.03.2018

Aniversário do Imam Ali

30.03.2018

Dia da República Islâmica

01.04.2018

Sizdehbedar (Nature Day)

02.04.2018

Ascensão do Profeta (mabaath)

14.04.2018

Martírio de Hazrat Fatemeh

09.02.2019

Fátima (filha de Maomé) Fāṭimah bint Muḥammad (em árabe: فاطمة; transl.: Fāṭimah, IPA: [ˈfɑːtˤɪma]; Meca, c. 605 —Medina, 632) foi uma das filhas de Maomé (Muhammad), profeta do Islão, e da sua primeira esposa Cadija. Era casada com Ali (o quarto califa, para os sunitas ou o primeiro, segundo a perspectiva dos xiitas). Fátima durante a doença e morte do pai Quando Maomé adoeceu, Fátima ficou triste devido à ligação profunda que tinha com o pai. Segundo uma tradição (hádice) transmitida por Aixa, numa ocasião Fátima chorava por ver o pai doente, mas este consolou-a e Fátima sorriu. Após a morte de Maomé, Aixa perguntou a Fátima o que é que o pai lhe tinha dito naquela ocasião; segundo Fátima, Maomé disse-lhe que o anjo Gabriel fazia-lhe visitas mais regulares para lhe revelar o Alcorão e como tal Maomé pressentiu que a sua morte estava próxima. Maomé contou-lhe também que ela seria a primeira pessoa da família a juntar-se ao pai, a primeira a entrar no Paraíso. Fátima na veneração popular Fátima é alvo de veneração pelos xiitas e é vista como um modelo pelas mulheres muçulmanas devido às suas virtudes morais e religiosas. Um dos títulos que estes lhe atribuem é o de al-Zahra, ou "a Resplandecente". Uma dinastia de califas, oriunda do Islão xiita ismailita, afirmava descender de Fátima - dela retirando o seu nome: fatímidas. O nome Fátima é muito comum entre as mulheres muçulmanas. Na África subsariana utilizam-se as variantes Fatimata, Fatoumata e Fatou. A Hamsá - ou Mão de Fátima - é um talismã usado por alguns muçulmanos que acreditam que ele pode afastar o mau-olhado. Comemoração do martírio de Fátima Xiitas comemoram o martírio em Barém Os xiitas em geral e os iranianos em particular celebram cerimónias anuais durante 20 dias nos meses Jumada Alula para comemorar o aniversário do martírio de Fátima. São organizadas procissões fúnebres onde as pessoas reafirmam a sua fidelidade aos ideais de Fátima.

Aniversário da Revolução Islâmica

11.02.2019

Cantos à glória do Islã e à nação iraniana, palavras de ordem antiamericanas ou contra a dinastia saudita: o Irã lançou nesta sexta-feira (1) as cerimônias que marcam o 40º aniversário de sua Revolução Islâmica. Com bandeiras nas cores verde, branco e vermelho, milhares de pessoas se reuniram no mausoléu do imã Khomeini, em Teerã, a pedido das autoridades. As comemorações começaram pela manhã às 9h33, hora do pouso em Teerã, em 1 de fevereiro de 1979, do avião da Air France que trouxe de volta, depois de mais de 14 anos de exílio, o aiatolá Ruhollah Khomeini, pai da Revolução e primeiro guia da República Islâmica do Irã. Normalmente, o "sino da revolução" toca nesta hora em todas as escolas do país a todo dia 1 de fevereiro. Este ano, o sino tocará no sábado, sendo a sexta-feira o dia de descanso semanal no Irã. Falando de comemorações em todo o país, a agência de notícias Isna transmitiu um vídeo mostrando barcos soando suas sirenes no porto de Bandar-Abbas, às 9h33. No mausoléu do imã Khomeini, no sul de Teerã, um coro masculino cantou um hino: "Irã, lar da esperança, nosso guia é o guia dos homens livres. Graças ao velayat ["o governo do jurista muçulmano", modelo político teorizado por Khomeini] estamos vivos e perduramos". Na sala, cujo teto é sustentado por colunas impressionantes, um público variado; formado por clérigos xiitas, civis, homens, mulheres e militares, ouvia o canto. No Irã, o dia 1º de fevereiro marca o primeiro dia da "década do Alvorecer", o período de dez dias entre o retorno de Khomeini e a vitória final da Revolução, em 11 de fevereiro de 1979. Há várias semanas, a televisão estatal exibe programas dedicados à Revolução e aos 40 anos de história da República Islâmica.

Chahar-Shanbeh Soori

19.03.2019

Chaharshanbe Soori (O Festival do Fogo) 19 de março de 2019 O Festival do Fogo é um remanescente da antiga religião do zoroastrismo, onde o fogo representa a luz ou a sabedoria de Deus. O nome persa do festival consiste em čahāršanbe, o nome de "quarta-feira" nos calendários iranianos, e SURI, mais plausivelmente significando "vermelho" e referindo-se ao fogo ou à rudeza. Na véspera da última quarta-feira do solar persa ano, conhecido como Chaharshanbe Suri ou o Festival Persa do Fogo, costumes especiais e rituais têm lugar em que todos, particularmente as crianças participam ansiosamente. O termo Chaharshanbe Suri é composto de duas palavras que significam quarta-feira e celebrações / vermelho, respectivamente, onde jovens e velhos se reúnem e pulam sobre incêndios que permanecem acesos a noite toda. Essas fogueiras simbolizam gentileza, amizade e luz. Sem dúvida Chaharshanbeh Suri é uma das formas mais populares de receber o Nowruz. Evento Anual baseado no Calendário Persa, na última quarta-feira antes da véspera de Ano Novo (uma noite entre 13 e 20 de março)