Português Inglês Persa
Hoje é Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018
Os níveis de dióxido de carbono atingem recorde em 2013: ONU


Os níveis de dióxido de carbono atingem recorde em 2013: ONU



A Organização Meteorológica Mundial (OMM) diz que os níveis de dióxido de carbono na atmosfera atingiu um recorde de alta em 2013.

A agência meteorológica da ONU disse em um relatório anual nesta terça-feira que o volume de dióxido de carbono, o principal gás de efeito estufa emitido pelas atividades humanas, subiu para 396 partes por milhão no ano passado, que é a maior mudança de ano para ano, em 30 anos.

Isso representa um aumento de 2,9 ppm a partir de 2012, o que era próprio de 2,2 ppm a partir de 2011.

"Nós sabemos sem sombra de dúvida que o nosso clima está mudando e nosso tempo é cada vez mais extremas devido às atividades humanas como a queima de combustíveis fósseis. Tempo não está do nosso lado, com certeza", disse o secretário-geral da OMM, Michel Jarraud.

Jarraud acrescentou em conferência de imprensa que o aumento "pode ??ser devido ao consumo reduzido de CO2 pela biosfera. Se isso se confirmar, é uma preocupação significativa. "

O relatório da agência da ONU também disse que a taxa de acidificação dos oceanos, que vem de carbono adicionado absorvido pelos oceanos ", aparece sem precedentes, pelo menos, ao longo dos últimos 300 milhões de anos."

"Passado, as emissões de CO2 presentes e futuras terão um impacto cumulativo tanto no aquecimento e acidificação do oceano global. As leis da física não são negociáveis", observou Jarraud.

O relatório da OMM disse que o dióxido de carbono e de outros gases causou um aumento de 34% no efeito do aquecimento sobre o clima entre 1990 e 2013.

O metano tem o segundo maior efeito sobre o clima depois do dióxido de carbono. Concentrações atmosféricas de metano atingiu um novo recorde de 1.824 partes por bilhão no ano passado.

Cerca de 40% do metano é proveniente de fontes naturais, mas o restante é causado pela agricultura de arroz, criação de gado, aterros sanitários, queima de combustíveis fósseis e de incineração.