Português Inglês Persa
Hoje é Sábado, 4 de Dezembro de 2021
A Persian Gulf Petrochemical Industries Company do Irã exportou cerca de US $ 2,4 bilhões em produtos durante os primeiros seis meses do atual ano civil iraniano


A Persian Gulf Petrochemical Industries Company do Irã exportou cerca de US $ 2,4 bilhões em produtos durante os primeiros seis meses do atual ano civil iraniano

Falando na assembleia geral anual da holding, Jafar Rabiei disse: “A receita operacional do Persian Gulf Holding Group aumentou 71 por cento, o lucro operacional consolidado aumentou 164 por cento, o lucro líquido aumentou 148 por cento e o lucro por ação



De acordo com o funcionário, as subsidiárias da PGPIC representam atualmente 12,3% do mercado de capitais do Irã, relatou Shana.

A PGPIC está atualmente classificada em 37º entre as 100 maiores empresas petroquímicas do mundo em termos de valor e vendas, e é a segunda maior holding da região depois da Saudi Basic Industries Corporation da Arábia Saudita, conhecida como SABIC, disse Rabiei.

Ele calculou a capacidade total de produção da holding em 27,6 milhões de toneladas e expressou esperança de que, com a conclusão dos novos projetos da empresa, o número chegue a mais de 50 milhões de toneladas no ano civil iraniano de 1406 (começa em março de 2027).

O funcionário destacou ainda que a PGPIC produziu 19,6 milhões de toneladas de produtos no ano civil iraniano anterior, o que foi o maior recorde de produção da história da empresa.

“Desse montante, 15,2 milhões de toneladas foram vendas cumulativas, dos quais cerca de 920 trilhões de riais (cerca de US $ 21,9 bilhões) foram vendas internas e 590 trilhões de riais (cerca de US $ 14 bilhões) foram exportações”, especificou.

Como o maior grupo petroquímico do Irã, que se estende por 39 subsidiárias e agentes de vendas sediados no exterior, a PGPIC é considerada uma das entidades mais lucrativas do corpo econômico do país.

Em junho de 2019, os Estados Unidos atingiram a PGPIC com sanções econômicas devido ao que alegaram estar vinculados à Guarda Revolucionária do país (IRGC), no entanto, a medida, na verdade, visava sufocar o financiamento às maiores e mais lucrativas grupo petroquímico.

O grupo PGPIC detém 40% da capacidade total de produção petroquímica do Irã e é responsável por quase 50% das exportações petroquímicas do país.

Após a imposição das sanções norte-americanas, muitos consideraram o impacto das sanções muito significativo no desempenho da holding e consequentemente na economia do país, embora ao contrário do que se esperava, o PGPIC continua a prosperar e, segundo Rabiei, a sua produção e as exportações não foram muito afetadas pelas sanções americanas.