Português Inglês Persa
Hoje é Sábado, 6 de Junho de 2020
Alemanha quer facilitar o comércio com o Irã


Alemanha quer facilitar o comércio com o Irã

O diretor-geral de Assuntos Econômicos e Desenvolvimento Sustentável do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha, Miguel Berger, twittou que seu país está buscando facilitar o comércio com o Irã.



Ele fez as observações depois que a primeira transação financeira entre o Irã e a Europa foi realizada através do Instrumento de Apoio ao Intercâmbio Comercial (INSTEX).

"Este é um passo importante para apoiar o povo iraniano fornecendo equipamentos médicos", afirmou Berger.

A INSTEX garante os mais altos padrões de adesão ao negócio, disse ele.

Enquanto isso, a ex-chefe de política externa da UE Federica Mogherini em sua conta no Twitter recebeu a primeira transação via INSTEX, dizendo que Alemanha, França e Grã-Bretanha fizeram a primeira transação com sucesso e facilitaram as exportações de equipamentos médicos da UE para o Irã.

O Ministério das Relações Exteriores da Alemanha confirmou nesta terça-feira as primeiras transações financeiras via INSTEX, dizendo que Berlim, Paris e Londres fizeram primeiro acordo com o Irã por meio do sistema para facilitar o comércio com o Irã.

Esperava também que a INSTEX e sua empresa correspondente no Irã, o Instituto Especial de Comércio e Finanças (STFI), cooperassem entre si para desenvolver o mecanismo e realizar mais transações.

O INSTEX foi lançado em janeiro de 2019 como parte de um esforço mais amplo da Alemanha, França e Grã-Bretanha - o chamado E3 - para facilitar transações que não são em dólar com o Irã depois que os EUA abandonaram o acordo mais cedo.

No entanto, as empresas européias ainda não estão prontas para usar o instrumento por medo de sanções americanas.