Português Inglês Persa
Hoje é Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020
As reservas estimadas de cobre do Irã aumentam para 528 milhões de toneladas


As reservas estimadas de cobre do Irã aumentam para 528 milhões de toneladas

O diretor-gerente da Companhia Nacional das Indústrias de Cobre do Irã (NICICO) disse no sábado que a capacidade das reservas de cobre do país aumentou em 528 milhões de toneladas



Considerando as novas reservas, o Irã se tornou o sétimo maior detentor de reservas de cobre do mundo ", afirmou Ardeshir Sa'ad Mohammadi.

O funcionário observou que mais reservas poderão ser encontradas em um futuro próximo e o Irã poderá superar a Indonésia, que ocupa o sexto lugar entre os principais países do mundo em termos de reservas de cobre.

"Nosso país atualmente detém 4,2% das reservas globais", disse o funcionário, acrescentando que novas descobertas de cobre foram relatadas no sudeste e noroeste do Irã.

O Irã teve a nona maior reserva de cobre em 2011 no valor de 32,5 milhões de toneladas.

Segundo Sa'ad Mohammadi, cada aumento de meio por cento no valor total das reservas de cobre do país vale US $ 10 bilhões para o NICICO.

O chefe do NICICO observou ainda que sua empresa está implementando um plano abrangente para o desenvolvimento da indústria de cobre em colaboração com a Organização Iraniana de Desenvolvimento e Renovação para Minas e Mineração (IMIDRO), com base nos quais 29 grandes projetos serão implementados neste setor.

Com base nesse programa, os investimentos para o desenvolvimento da indústria do cobre atingirão 2,1 bilhões de euros mais 200 trilhões de rials (cerca de US $ 4,76 bilhões) até o ano civil iraniano 1410 (a partir de março de 2031).

Sa'ad Mohammadi disse que as principais reservas de cobre no Irã, que estão localizadas nas províncias de Kerman e Azarbaijan Oriental, serviriam mais de 100 anos de produção no atual nível de produção.

O Irã tem investido pesadamente no setor de mineração e metais em meio a esforços para diversificar a economia do petróleo e criar novas fontes de renda para o governo.

O país já embolsou bilhões de dólares com as exportações de vários metais, apesar de uma série de proibições americanas contra o setor desde maio de 2019.