Português Inglês Persa
Hoje é Domingo, 19 de Maio de 2019
Esfahan Steel Company do Irã procura novos compradores estrangeiros em meio a planos para aumentar a produção


Esfahan Steel Company do Irã procura novos compradores estrangeiros em meio a planos para aumentar a produção

Esfahan Steel Co., terceira maior fabricante de aço do Irã, está à procura de novos compradores estrangeiros em meio a planos para aumentar a produção com a reconstrução da nação após anos de sanções internacionais que prejudicaram sua economia.



Empresas da Coréia do Sul e do Luxemburgo estão interessadas em ter participação, Masoud Gholampour, gerente de pesquisa e marketing da Novin Investment Bank, disse em uma entrevista em Teerã. Novin está a aconselhar o governo na venda. Irã e o Fundo dos Reformados do Aço "os trabalhadores aposentados das usinas de aço iranianas querem vender uma participação de 73%”.

Esfahan Steel tem como objetivo aumentar a produção para 3,2 milhões de toneladas no ano que se encerrará em março 2017 de 2,4 milhões de toneladas no ano anterior, de acordo com Mojtaba Fereydoni, um gestor de investimentos de Esfahan Steel em Esfahan no centro do Irã. A saída declinou 4% um ano antes com a desaceleração do crescimento econômico por causa dos preços baixos do petróleo, disse ele.
O Irã é o maior produtor de aço no Oriente Médio depois da Turquia, de acordo com dados da Associação Mundial do Aço. A produção aumentou para 1,5 milhões de toneladas em abril, de 1,3 milhões de toneladas no final do ano passado antes das sanções internacionais serem levantadas em Janeiro, segundo mostram os dados. A nação está procurando reconstruir sua energia e outras indústrias.
A Organização de Privatização Iraniana está supervisionando a venda da participação de 56% em Esfahan que assumiu a partir da Social Security Investment Co., braço de investimentos do principal provedor de seguro social do país. A Social Security Group foi incapaz de pagar pela participação na íntegra, de acordo com Gholampour. O fundo de pensão detém os outros 17% que está a ser colocada à venda.
Como primeiro passo, a totalidade da participação de 73% foi oferecido através de uma venda em bloco na over-the-counter Fara Bourse no domingo, e não gerou quaisquer compradores, de acordo com Gholampour e Jafar Sobhani, assessor do presidente da Organização de Privatização iraniana. As ações caíram 5 % na negociação em over-the-counter no domingo.
A venda em bloco será oferecido novamente "em um futuro próximo", disse Sobhani.