Português Inglês Persa
Hoje é Sábado, 10 de Abril de 2021
Irã e Boeing concluem acordo de compra de 100 aviões


Irã e Boeing concluem acordo de compra de 100 aviões

Autoridade de aviação iraniana anunciou a conclusão de um acordo com a gigante aeroespacial americana, Boeing, para a compra de 100 aviões de passageiros para renovar frota envelhecida do país.



Chefe da Organização da Aviação Civil do Irã (CAO) Ali Abedzadeh disse ao Iran Daily que o acordo, que vai entregar os aviões a Teerã por meio de financiamento, agora aguarda aprovação do governo dos US.

"Nós temos 250 aviões no país, 230 precisam ser substituídos", disse Abedzadeh, acrescentando que não poderia haver calendário preciso para o contrato sem autorização do Tesouro dos EUA.

Ele disse que o valor reportado de US $ 17 bilhões para o contrato não era definitiva e que mais detalhes serão fornecidos após novas negociações.

Boeing confirmou nesta quarta-feira que estava em negociações com as companhias aéreas iranianas interessadas em comprar seus aviões de passageiros, de acordo com a AFP.

A empresa solicitou autorização final do Tesouro dos Estados Unidos para a venda de aviões ao Irã, Abedzadeh observou.

Em fevereiro, foi concedida aprovação do governo dos EUA para a empresa norte-americana para retomar as vendas para o Irã depois das sanções dos EUA terem sido parcialmente levantadas em janeiro, após um acordo sobre o programa nuclear de Teerã.

Em janeiro, o Irã assinou um importante acordo no valor de $ 27 bilhões com a gigante da aviação Airbus para a compra de 118 aviões da companhia. O acordo com a Airbus foi selado durante uma visita de Estado à Paris pelo presidente do Irã, Hassan Rohani.

Esse acordo ainda está pendente da autorização do Tesouro dos EUA. A Airbus precisa da aprovação do OFAC (Escritório dos EUA de Controle de Ativos Estrangeiros), porque mais de 10% dos componentes da Airbus são de origem norte-americana.

Além de Airbus e Boeing, o Irã também está negociando com várias outras gigantes da aviação mundial sobre a compra de aviões, incluindo a Bombardier e a Embraer.