Português Inglês Persa
Hoje é Sábado, 4 de Dezembro de 2021
O Irã foi classificado como a 10ª maior produtora de aço do mundo no primeiro trimestre de 2021


O Irã foi classificado como a 10ª maior produtora de aço do mundo no primeiro trimestre de 2021

O Irã foi classificado como o décimo maior produtor mundial de aço nos primeiros três meses de 2021, anunciou a Organização para o Desenvolvimento e Renovação das Indústrias de Minas e Mineração (IMIDRO), referindo-se aos dados divulgados pela World Stee



De acordo com os dados da WSA, o Irã produziu 7,5 milhões de toneladas de aço bruto no primeiro trimestre de 2021, registrando um crescimento de 10,7 por cento em comparação com o mesmo período em 2020.

A produção de aço da República Islâmica ficou em 2,6 milhões de toneladas em março, indicando um aumento de 10,7 por cento ano a ano.

Com base nos dados mencionados, os 64 maiores produtores de aço do mundo conseguiram produzir 648,9 milhões de toneladas de aço nos três meses mencionados, registrando um aumento de 10 por cento em relação aos números do mesmo período do ano passado.

Além disso, a produção dos principais produtores de aço do mundo atingiu 169,2 milhões de toneladas em março, com um aumento de 15,2% em relação ao mesmo período do ano passado.

Com produção de 271 milhões de toneladas e 29,6 milhões de toneladas do produto, China e Índia ficaram em primeiro e segundo lugares no referido período, respectivamente, enquanto o Japão ficou em terceiro lugar, produzindo 23,7 milhões de toneladas de aço bruto.

Os EUA, Rússia, Coreia do Sul, Alemanha, Turquia e Brasil ficaram entre o quarto e o nono lugares, respectivamente.

A indústria do aço iraniano tem se desenvolvido constantemente nos últimos anos contra todas as pressões e obstáculos criados por forças externas, como as sanções dos EUA e o surto de coronavírus, que afetou gravemente o desempenho dos principais produtores mundiais.

O país deve subir para o sétimo lugar entre os maiores produtores de aço do mundo no ano civil iraniano de 1404 (março de 2025).

De acordo com o ex-ministro interino da Indústria, Mineração e Comércio, Hossein Modares Khiabani, a capacidade de produção da cadeia siderúrgica do país aumentou de 123 milhões de toneladas no ano civil iraniano de 1392 (encerrado em março de 2014) para 230 milhões de toneladas no ano anterior