Português Inglês Persa
Hoje é Quarta-Feira, 10 de Agosto de 2022
OPEP: Capacidade diária de refino do Irã excede 2,2 milhões de barris


OPEP: Capacidade diária de refino do Irã excede 2,2 milhões de barris

Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), em seu Boletim Estatístico Anual 2022, colocou a capacidade diária de refino do Irã em 2021 em 2,202 milhões de barris, indicando um aumento de 1.000 barris por dia (bpd) em relação a 2020.



A capacidade de refino do Irã aumentou mais de 480.000 bpd de 2011 a 2021, de acordo com o Boletim Estatístico Anual da Opep. A capacidade de refino do Irã em 2011 foi de 1,715 milhão de bpd.

Apesar de todos os desafios externos, como a pandemia de coronavírus e as sanções dos EUA, o setor de petróleo e gás iraniano vem se desenvolvendo em ritmo acelerado e o país está passando por novos marcos nesse setor todos os dias.

Vários setores da indústria de petróleo e gás do Irã, incluindo exploração, produção, processamento e distribuição, estão entre os principais gráficos do mundo e o país está dando novos passos para desenvolver ainda mais a indústria.

Entre os diferentes setores desta indústria, o refino é um dos principais, sendo seriamente levado em consideração para o desenvolvimento.

Em setembro de 2021, o ministro do Petróleo, Javad Oji, havia dito que a capacidade de refino de petróleo do país seria aumentada em 1,5 vezes até o final do mandato do atual governo (em quatro anos).

Ele mencionou a promoção da quantidade e qualidade dos produtos das atuais refinarias e a construção de novas refinarias como alguns dos grandes planos do Ministério do Petróleo no novo governo.

De acordo com o cronograma definido para o desenvolvimento quantitativo e qualitativo das refinarias existentes e o planejamento para a construção de novas refinarias nos próximos quatro a cinco anos, a capacidade diária de refino de petróleo do país aumentará uma vez e meia para 3,5 milhões de barris, o afirmou o ministro.

“Na sequência da melhoria da qualidade dos produtos petrolíferos e do aumento da qualidade da gasolina e do gasóleo, que é muito importante para nós na área do ambiente, a discussão dos planos de desenvolvimento quantitativo e qualitativo das refinarias está seriamente na agenda da o atual governo”, acrescentou.