Português Inglês Persa
Hoje é Sábado, 21 de Maio de 2022
Países vizinhos participarão da 15ª Feira Internacional de Turismo de Teerã


Países vizinhos participarão da 15ª Feira Internacional de Turismo de Teerã

Expositores e especialistas em viagens de países vizinhos planejam participar da 15ª Exposição Internacional de Turismo de Teerã, que será realizada no Teerã Permanent International Fairgrounds de 29 de janeiro a 1º de fevereiro.



A participação de representantes dos países vizinhos nesta edição da exposição é certa”, disse o vice-ministro do Turismo Ali-Asghar Shalbafian, informou o IRNA na terça-feira.

A exposição contará com a presença de delegações comerciais do Paquistão, Turquia, Iraque, Afeganistão, Tajiquistão e Omã, acrescentou o funcionário.

Além disso, haverá reuniões B2B com empresas da China e de alguns países europeus, especialmente na área da saúde e turismo médico, salientou.

Durante esta edição da exposição, haverá uma aposta no apoio ao turismo e ao artesanato, bem como a atenção ao desenvolvimento do turismo nas províncias ocidentais do país, explicou.

A alimentação, a agricultura e o turismo de saúde também receberão atenção séria, acrescentou.

O evento será realizado seguindo os protocolos de saúde e as regras de distanciamento social, sublinhou.

No início desta semana, a CHTN informou que painéis de especialistas em viagens, operadores turísticos e hoteleiros foram convidados para realizar reuniões e workshops especializados durante a 15ª Exposição Internacional de Turismo de Teerã.

O Ministério do Patrimônio Cultural, Turismo e Artesanato formulou vários eventos para a próxima feira de Teerã, dos quais 62 reuniões e oficinas profissionais foram finalizadas até agora, acrescentou o relatório.

Turismo de aventura para deficientes, excursões no deserto, novos destinos de viagem, envolvimento das comunidades locais, mercados emergentes de viagens, turismo médico e de saúde, ecoturismo, agroturismo, peregrinação e recursos de turismo eletrônico estão entre os temas dos eventos, disse a agência de notícias.