Português Inglês Persa
Hoje é Terça-Feira, 17 de Outubro de 2017
Avião que transportava o time catarinense caiu na madrugada desta terça-feira na Colômbia


Avião que transportava o time catarinense caiu na madrugada desta terça-feira na Colômbia

Temer decreta luto oficial de 3 dias por vítimas de acidente da Chapecoense



Brasília - A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto informou na manhã desta terça-feira que o presidente Michel Temer decretou luto oficial de 3 dias pelas vítimas do acidente aéreo ocorrido nesta madrugada com o avião que levava a delegação e a equipe de futebol da Chapecoense para o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, na Colômbia. O decreto deve ser publicado nas próximas horas.
Segundo autoridades locais, 76 pessoas morreram no acidente. Cinco sobreviveram. A aeronave tinha 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros e 9 tripulantes, de acordo com informações da agência da Aeronáutica Civil colombiana. Porém, três pessoas que estavam na lista do voo não embarcaram. E ainda há buscas por mais sobreviventes.
Mais cedo, Temer emitiu nota oficial em solidariedade aos familiares e amigos da equipe de futebol. "Nesta hora triste que a tragédia se abate sobre dezenas de famílias brasileiras, expresso minha solidariedade", disse o presidente na nota.
"Estamos colocando todos os meios para auxiliar familiares e dar toda a assistência possível. A Aeronáutica e o Itamaraty já foram acionados", completou Temer, informando ainda que "o governo fará todo o possível para aliviar a dor dos amigos e familiares do esporte e do jornalismo nacional".
Apoio da Força Aérea Brasileira
A Força Aérea Brasileira (FAB) afirmou que, a pedido do Ministério da Defesa, disponibilizará quatro aeronaves para levar familiares à Colômbia e para fazer o translado das vítimas. Um avião C-99 irá decolar ainda nesta terça-feira de São Paulo em direção a Colômbia transportando, entre outras pessoas, o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon. Ainda segundo a FAB, um avião Hércules C-130 ficará de prontidão em Manaus, no Amazonas, para o transporte dos corpos das vítimas. A aeronave deve ir nesta quarta para Medelín.
Itamaraty
A assessoria do Itamaraty afirmou que a embaixada brasileira em Bogotá está em contato constante com as autoridades da Colômbia para obter informações sobre o acidente aéreo. O Ministério das Relações Exteriores disse que está "tomando todas as providências necessárias".
Leia a íntegra da nota oficial divulgada por Presidente Michel Temer:
"Nesta hora triste que a tragédia se abate sobre dezenas de famílias brasileiras, expresso minha solidariedade. Estamos colocando todos os meios para auxiliar familiares e dar toda a assistência possível. A aeronáutica e o Itamaraty já foram acionados. O governo fará todo o possível para aliviar a dor dos amigos e familiares do esporte e do jornalismo nacional".


http://odia.ig.com.br/