Português Inglês Persa
Hoje é Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020
Bolsonaro chega a Brasília para cerimônia de diplomação no TSE


Bolsonaro chega a Brasília para cerimônia de diplomação no TSE

Presidente eleito e o vice, general Hamilton Mourão, receberão diploma que confirma o resultado da eleição deste ano e que permite a posse em 1º de janeiro de 2019.



O presidente eleito Jair Bolsonaro desembarcou na manhã desta segunda-feira (10) na base aérea de Brasília. Ele viajou acompanhado da mulher, Michelle Bolsonaro, da filha Laura Bolsonaro, e do futuro ministro da economia, Paulo Guedes.
Ele retornou à capital federal para participar à tarde da cerimônia de diplomação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A entrega do diploma oficializa o resultado eleição e dá direito ao eleito de assumir o mandato para o qual concorreu.
Bolsonaro viajou em aeronave da Força Aérea Brasileira que decolou no início da manhã na Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro, e chegou a Brasília por volta das 11h30.
Desde a vitória na eleição, em 28 de outubro, o presidente mantém o hábito de passar parte da semana na capital federal para reuniões com políticos, autoridades, futuros ministros e integrantes da equipe de transição.
Bolsonaro retomará nos próximos dias as negociações com as bancadas de partidos, iniciadas na semana passada. Segundo a assessoria do governo de transição, entre terça (11) e quarta-feira (12) o presidente terá audiências com deputados do PSD, DEM, PSL, PP e PSB.

Diplomação
A cerimônia de diplomação de Bolsonaro e de seu vice, o general Hamilton Mourão, está prevista para as 16h no plenário do TSE.
Os dois receberão os diplomas e poderão tomar posse em 1º de janeiro para o mandato que irá de 2019 a 2022.
Bolsonaro venceu a eleição presidencial em segundo turno ao receber 57,7 milhões de votos, contra 47 milhões de Fernando Haddad, candidato do PT.
Segundo o TSE, na cerimônia desta segunda, há previsão de discursos de Bolsonaro e da atual presidente do tribunal, ministra Rosa Weber. Cerca de 700 pessoas foram convidadas para acompanhar a solenidade.
Na semana passada, o TSE aprovou com ressalvas as contas da campanha da chapa PSL-PRTB. Conforme a prestação entregue pelos advogados de Bolsonaro, a campanha arrecadou R$ 4,3 milhões e gastou R$ 2,8 milhões.


Agenda
Confira a previsão de agenda de Bolsonaro para segunda, terça e quarta-feira, de acordo com a assessoria do governo de transição.

Segunda-feira (10)
• 12h: almoço Granja do Torto
• 16h: cerimônia de diplomação no TSE
Terça-feira (11)
• 9h: encontro com representantes de polícias militares
• 10h: despachos internos
• 14h30: reunião com o governador eleito de Santa Catarina, comandante Moisés (PSL)
• 16h30: reunião com a bancada do PSD
Quarta-feira (12)
• 9h: visita ao Comando de Operações Táticas (COT) da Polícia Federal
• 11h: reunião com a bancada do DEM
• 12h: almoço da turma de 1977 da Aman no Clube do Exército
• 14h30: reunião com o governador eleito do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB)
• 15h: reunião com a bancada do PSL
• 16h30: reunião com a bancada do PP
• 17h30: reunião com parlamentares do PSB

https://g1.globo.com/politica/