Português Inglês Persa
Hoje é Terça-Feira, 21 de Novembro de 2017
Brasil e Irã ampliam relações comerciais


Brasil e Irã ampliam relações comerciais

Em uma reunião entre o vice-ministro do Comércio e Indústrias do Ministério do Jihad-e-Agricultura do Irã, o secretário executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Alimentos do Brasil,



Ambas as autoridades destacaram a resolução de questões bancárias, o desenvolvimento do comércio, a redução da burocracia administrativa e o desenvolvimento do investimento no setor agrícola dos dois países.
Segundo o Ministério da Agricultura do Jihad-e-Agricultura, Ali Akbar Mehranfard, apontando às relações de longa data entre o Irã e o Brasil e a vontade política dos dois países, salientou que o desenvolver das relações necessita de abordar questões bancárias como um fator facilitador ao comércio de produtos agrícolas. Ele afirmou que a boa qualidade de pistache do Irã e acrescentou: 95% do açafrão do mundo é produzido no Irã e o Irã tem a segunda maior produção e a terceira maior produção de tâmaras e passos de uva no mundo, e deve o Brasil aumentar a importações desses produtos do Irã.
O secretário executivo do Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Alimentos, Brasil, também enfatizou a necessidade de desenvolver e melhorar as relações entre os dois países, dizendo: “No Brasil, tem um sistema de controle supervisão rigoroso para produzir carne saudável e controle forte das unidades de produtores da carne vermelha”. Eumar Novacki notou a realização do Comité Consultivo Agrícola nos dias 21 e 22 de novembro deste ano no Brasil, reconhecendo que o comitê examinará os meios para desenvolver o comércio nas áreas de saúde animal e fitossanitário. Ele disse sobre as tarifas e os direitos de exportação relacionados aos produtos agrícolas do Irã: essas questões podem ser levantadas e revistas no Comitê de Aconselhamento Agrícola.
O secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki, chefia uma missão brasileira a Teerã, no Irã, de 11 (segunda) a 13 (quarta-feira). A missão visa aprofundar as relações comerciais entre os dois países e atrair investimentos país para setores do agronegócio brasileiro, segundo o Mapa.
A agenda inclui reuniões bilaterais com autoridades governamentais. Estão previstos encontros com o vice-ministro da Indústria, Minas e Comércio e presidente da Organização de Promoção do Comércio do Irã, Mojtaba Khosrowtaj, vice-ministro de Agricultura e membro da Jihad Esteghlal Company, Arzhang Javadi .
Na programação consta rodada de negócios com a participação de representantes brasileiros do setor de carne, soja, milho, biodiesel e etanol, açúcar e pescados. Eles apresentarão a potenciais compradores e investidores, seus portfólios de produtos e projetos para a captação de investimentos.
A Associação Brasileira das Indústrias Exportadores de Carne (Abiec), que participa da comitiva, promoverá um churrasco a convidados iranianos.