Português Inglês Persa
Hoje é Sexta-Feira, 15 de Fevereiro de 2019
Brasileira Embraer e Boeing estão negociando acordo de fusão


Brasileira Embraer e Boeing estão negociando acordo de fusão



Quinta-feira, 21 de dezembro, vésperas de Natal. A agitação alastrou na Bolsa de Valores de São Paulo depois de o Wall Street Journal ter informado que a norte-americana Boeing e a brasileira Embraer, com fortes investimentos em Portugal, estão a negociar um acordo de fusão. As ações da empresa de aeronáutica com sede em São José dos Campos dispararam 40%. A Embraer tem um valor de mercado calculado em cerca de US$ 3,7 bilhões de dólares.
No final da tarde de ontem no Brasil, as duas empresas confirmaram estarem a decorrer conversações preliminares, mas o resultado é imprevisível. O governo Temer está a vender tudo ou quase tudo, mas vender a Embraer pode ser mais complicado.
“Boeing e Embraer confirmaram hoje que as duas companhias encontram-se em tratativas em relação a uma potencial combinação de seus negócios, em bases que ainda estão sendo discutidas. Não há garantia de que qualquer transação resultará dessas discussões. Boeing e Embraer não pretendem fazer comentários adicionais sobre essas discussões”, de acordo com o comunicado conjunto divulgado hoje.
O Estado brasileiro – a União – tem poder de veto em decisões estratégicas da Embraer, uma cláusula mantida depois de a estatal Embraer ter sido privatizada nos anos 90.
O comunicado divulgado hoje pelas duas empresas diz que “qualquer transação estará sujeita à aprovação do governo brasileiro e dos órgãos reguladores, dos conselhos de administração das duas companhias e dos acionistas da Embraer”