Português Inglês Persa
Hoje é Segunda-Feira, 6 de Abril de 2020
CEO da Total quer desenvolver mecanismo bancário próprio com o Irã


CEO da Total quer desenvolver mecanismo bancário próprio com o Irã

O CEO da gigante francesa de energia Total Patrick Pouyanné declarou que sua empresa está tentando desenvolver seu próprio mecanismo de transações com o Irã.



"Total está tentando desenvolver seus próprios canais para realizar negócios bancários com o Irã sem cair em desacordo com as sanções primárias norte-americanas que ainda restringem as atividades financeiras com Teerã", disse Pouyanné.
Ele reiterou que sua empresa estava tentando encontrar os credores europeus dispostos a ser um banqueiro do dia-a-dia no Irã para avançar com seus planos de investimento no Irã.
"Identificamos alguns, eu diria, bancos de médio porte que estão prontos para trabalhar com o Irã", acrescentou Pouyanné.
A Total assinou um acordo preliminar com o Irã no ano passado para desenvolver a Fase 11 do gigantesco campo de gás Sul Pars. A grande empresa francesa lideraria um consórcio que engloba a CNPC da China e a Petropars do Irã durante o projeto.
Pouyanné disse aos repórteres em fevereiro que a decisão final de investimentos de sua empresa na Fase 11 dependeria se o presidente dos EUA, Donald Trump, renunciaria às ordens executivas contra investimentos no setor de energia iraniano.