Português Inglês Persa
Hoje é Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020
Irã e Alemanha impulsionam as trocas comerciais


Irã e Alemanha impulsionam as trocas comerciais

Ministro Adjunto de Petróleo para assuntos internacionais e comerciais Amir Hossein Zamani-nia disse na quarta-feira que o volume de trocas comerciais do Irã e Alemanha será aumentado.



Ele disse que o volume de trocas comerciais é de cerca de US$ 3 bilhões, o que, em comparação com o potencial existente de cooperação entre os dois países, é trivial.

Zamani-nia fez as declarações durante a primeira reunião do Comitê de Energia Irã-Alemanha.

Disse que a crescente tendência da demanda por energia fóssil é cessar no ano 2045, mas não significa falta de uso de combustível fóssil e apontou que o Irã considerando seu enorme volume de recursos de gás, desempenhará um papel importante em desenvolvimento econômico com baixo-carbono.

Ele disse que atualmente mais produção de gás está sendo usada no mercado interno, mas expressou a esperança de que por um consumo eficiente e aumento da utilidade, o volume de exportações do Irã aumentará.

Zamani-nia expressou a esperança de que, ao concluir as instalações de GNL do Irã, a exportação de gás será espalhada para o mundo inteiro.

Ele disse que a exploração do petróleo do Irã, em comparação com seus recursos, é pouco e esse valor não é comparável à figura de extração de petróleo nos países em desenvolvimento.

"Esta questão poderia ser uma oportunidade de investimento e expansão da cooperação entre o Irã e a Alemanha".

Zamani-nia disse que uma das primeiras mensagens da reunião do comitê de energia é facilitar as relações bancárias entre os dois países.

A reunião do comitê de energia foi realizada na presença de Amir Hossein Zamani-nia e do embaixador da Alemanha em Teerã, Michael Klor-Berchtold, na manhã de quarta-feira e continuará seu trabalho na quinta-feira no campo da eletricidade.