Português Inglês Persa
Hoje é Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020
Irã vai receber Primeiro Jet Airbus até final do ano


Irã vai receber Primeiro Jet Airbus até final do ano

O Irã espera receber o primeiro avião Airbus em um importante acordo que assinou com o gigante da aviação francesa até o final de 2016.



Javad Hashemi Tehrani, o presidente da Companhia Holding de Peças da Aviação do Irã, disse à imprensa nacional que a Airbus, que deverá ser entregue ao Irã o que será o primeiro de 17 aviões que o Departamento do Tesouro dos EUA deram permissão para ser vendidos ao Irã.
O avião, Hashemi Tehrani acrescentou, será um A321, acrescentando que o avião está em suas fases desses testes finais. A “narrow-body”, “jet mid-range” será entregue à companhia aérea de bandeira do Irã Iran Air, acrescentou, Press TV.
As autoridades iranianas já haviam anunciado que o país receberia 9 aviões da Airbus antes do final do ano do calendário persa atual (21 de março de 2017), no caso dos obstáculos para entrega dos aviões sejam removidos.
Airbus anunciou em setembro que tinha recebido a aprovação do Departamento do Tesouro dos EUA para vender aviões ao Irã. A empresa - juntamente com a sua rival americana Boeing - no início deste ano selaram acordos com o Irã para vender cerca de 200 aviões ao Irã.
O anúncio sobre a entrega esperada de um avião da Airbus para o Irã veio junto com o de que legisladores nos EUA estão se preparando para levantar um projeto de lei na Câmara que iria bloquear as vendas de aviões para a República Islâmica.
A Câmara dos Representantes espera passar a medida, logo esta semana. No entanto, não é esperado para passar pelo Senado, onde ele iria precisar de apoio Democrático para avançar, acrescentou o relatório.
A medida impediria o secretário do Tesouro de autorizar uma transação por uma instituição financeira dos Estados Unidos relacionadas com a exportação ou reexportação, de aeronaves comerciais ao Irã. E seria revogar quaisquer autoridades promulgadas antes da lei aprovada, como as que permitiu as vendas da Boeing e da Airbus, observou.
Seria também limitar o papel do financiamento Export-Import Bank das vendas para o Irã.
Na terça-feira, o governo dos EUA anunciou que o presidente Barack Obama vai vetar a legislação futura para bloquear as vendas de aviões de passageiros para o Irã em razão de que violaria um acordo nuclear marco selado com o país no ano passado.
Reuters em um relatório citou a Casa Branca como anunciando que os parceiros dos EUA vêem a legislação, se implementadas, como uma violação do acordo nuclear.