Português Inglês Persa
Hoje é Segunda-Feira, 30 de Março de 2020
Mundial reconhece os direitos nucleares do Irã, coisa é certa: Rouhani


Mundial reconhece os direitos nucleares do Irã, coisa é certa: Rouhani



Presidente Hassan Rouhani diz Teerã eo sexteto de potências mundiais vão "certamente" chegar a um acordo sobre energia nuclear do Irã como o grupo tem vindo a reconhecer os direitos nucleares do país.

O presidente iraniano fez as declarações durante uma entrevista de TV foi ao ar na IRIB do Irã na segunda-feira à noite.

"De qualquer forma, vamos encontrar uma solução para o tema nuclear e acreditamos que os dois lados vão certamente chegar a um acordo ganha-ganha", Rouhani observou.

Irã e as seis potências estão em conversações para elaborar um acordo final que visa acabar com a disputa de longa data sobre o programa de energia nuclear civil de Teerã.

Países do mundo aceitaram que o Irã deve ter acesso à tecnologia nuclear e que esta questão deve ser resolvida por meio de negociações, disse o presidente.

Ele expressou otimismo sobre o alcance de um acordo global antes do prazo de 24 de novembro, dizendo "bons passos" foram tomadas para resolver o problema.

Em outra parte, o presidente fez comentários sobre a economia do Irã, dizendo que o país teve quase US $ 50 bilhões em exportações não petrolíferas e importações nos primeiros seis meses do ano calendário iraniano (começou em 21 de março).

A taxa de aumento da inflação do Irã caiu para cerca de um por cento ao mês, afirmou, observando que a inflação do país vai cair abaixo de 20 por cento até o final deste ano (20 de março de 2015).

Rouhani chamado o declínio da inflação e mudança do país para fora da recessão uma grande vitória para a nação iraniana.

As centenas de grandes empresas do mundo estão à espera de um acordo abrangente entre Teerã eo P5 + 1 países se apressar para investimento em Iran.

Teerã eo P5 + 1 grupo - Rússia, China, França, Grã-Bretanha, os EUA ea Alemanha - embrulhado sua última rodada de negociações nucleares, em Nova York no mês passado.