Português Inglês Persa
Hoje é Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020
Rouhani diz que o Irã ficará condicionalmente em acordo nuclear depois da lamentável saída dos Estados Unidos


Rouhani diz que o Irã ficará condicionalmente em acordo nuclear depois da lamentável saída dos Estados Unidos

O presidente Hassan Rouhani disse que Teerã ficará condicionalmente no JCPOA com outros signatários, ressaltando que o Irã sempre cumpriu seus compromissos com o acordo nuclear, enquanto os EUA nunca cumpriram suas obrigações.



Rouhani fez as declarações na terça-feira logo após o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciar sua decisão de retirar-se do Plano de Ação Compreensivo Conjunto (JCPOA).
Embora enfatizando que a decisão de Trump foi uma experiência histórica para o Irã, Rouhani observou que o presidente dos EUA tem um histórico de minar os tratados internacionais. Rouhani também observou que o Irã permanecerá no acordo nuclear sem a presença dos EUA.
Acrescentou ainda que, a partir de agora, tudo depende dos interesses nacionais do Irã.
"A decisão de Trump foi o início de uma guerra psicológica contra o Irã, nosso povo heróico não será afetado por esse ataque psicológico", disse Rouhani.
Rouhani também observou que, a partir de agora, o JCPOA está entre o Irã e os cinco países restantes.
Ele notou ainda que o Ministério das Relações Exteriores iraniano estaria negociando com países europeus, Rússia e China nas próximas semanas.
A União Européia, a França, o Reino Unido e a Alemanha expressaram pesar pela decisão de Trump sobre o acordo.