Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Irã
Português Inglês Persa
Hoje é Segunda-Feira, 20 de Agosto de 2018
Rússia começa a trabalhar para eletrificar ferrovia no Irã


Rússia começa a trabalhar para eletrificar ferrovia no Irã

A Russian Railways começou a trabalhar na eletrificação de uma linha férrea no Irã, disse o chefe da companhia de ferrovias russas.



O projeto, avaliado em US $ 1,2 bilhão, vai eletrificar uma ferrovia que liga a cidade de Garmsar, perto de Teerã, com Incheboron, perto da fronteira com o Turcomenistão. O comprimento da linha férrea Garmsar-Incheboron é de 495 km.
O projeto dobrará a velocidade máxima no link, enquanto sua capacidade crescerá quatro vezes, para 10 milhões de toneladas por ano, segundo o chefe da Russian Railways, Oleg Belozerov, que está visitando o Irã para ver o início dos trabalhos, informou a RT.
A ferrovia se estende ao Turcomenistão e Cazaquistão, ligando a Ásia Central ao Golfo Pérsico e além.
“Isso também aumentará a segurança e reduzirá as emissões na atmosfera. Tudo isso cria condições para o crescimento da movimentação de carga ao longo do corredor de transporte internacional "Norte-Sul" e a intensificação das relações econômicas na região do Cáspio ", disse Belozerov.
O Corredor Internacional de Transporte Norte-Sul é uma rede multimodal de 7.200 km de rotas marítimas, ferroviárias e rodoviárias através da Índia, Irã, Azerbaijão e Rússia.
A eletrificação levará cerca de 4,5 anos. Ele prevê a eletrificação da linha Garmsar-Incheboron com um comprimento total de 495 quilômetros, incluindo 203 quilômetros nas terras altas, 31 estações e 95 túneis.
O primeiro vice-presidente da Russian Railways, Aleksandr Misharin, disse em abril que o projeto pode ser muito mais amplo do que agora. Segundo o funcionário, o Irã propôs projetos de eletrificação de ferrovias no valor de € 3 bilhões para a Rússia.