Português Inglês Persa
Hoje é Segunda-Feira, 25 de Setembro de 2017
Turismo no Brasil - 24 - Chapada dos Guimarães – MT


Turismo no Brasil - 24 - Chapada dos Guimarães – MT

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. A Cachoeira Véu de Noiva é um símbolo e cartão postal



Chapada dos Guimarães possui vários pontos turísticos como: o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, cachoeiras, cavernas, lagoas e trilhas em meio a uma natureza típica de cerrado. O artesanato local é uma das referências na cidade, com vários artesãos locais que chegaram ou nasceram na cidade e, que ali, foram crescendo e vivendo do artesanato. O clima de Chapada dos Guimarães é o tropical de altitude ou subtropical. No início da primavera, começa o período chuvoso que se estende até o início de abril, que é considerado o período mais quente. A partir deste período, no outono inicia-se gradativamente a estiagem, que se fortifica no inverno. A Chapada dos Guimarães oferece diversos atrativos como: estrada antiga, onde localiza a Porta do Céu, neste local, os antigos paravam para alimentar os animais e fazer suas rezas. Pontos Turísticos: Conheça alguns dos principais pontos turísticos da Chapada dos Guimarães: Caminho das águas: um passeio pelas principais cachoeiras do parque. A primeira delas é a mais famosa, a Cachoeira Véu da Noiva. Caminho das Pedras: a caminhada por um dos principais sítios arqueológicos da Chapada. Entre as atrações estão: à Casa de Pedra, Jacaré de Pedra, Pedra Furada, Cogumelo de Pedra e Mesa do Sacrifício. Casa de Pedra: é uma gruta enorme formada em rochas areníticas, que foi cavada pelas águas do córrego Independência. Ainda dentro do sítio, pode-se visitar o Morro de São Jerônimo que é considerado o maior mirante do Parque, com 850 metros de altitude acima do nível do mar. Este morro é achatado, chamado por alguns de ufo porto, ou pista de pouso de discos voadores. Cidade de Pedra: formações rochosas esculpidas pelo vento e pela chuva. Seus formatos lembram as ruínas de uma cidade. O paredão tem mais de 300 m de queda livre. Mirante do Ponto Geodésico da América do Sul: este é o ponto equidistante entre os oceanos Atlântico e Pacífico. É também o encontro da planície pantaneira com a Chapada dos Guimarães. Excelente ponto para fotografia, onde se vê Cuiabá e o Morro de Santo Antônio. Caverna Aroe Jarí: com 1.550m de extensão, essa caverna (uma das maiores de arenito do Brasil) conta com a presença de diversas cachoeiras.
http://www.guiadoturismobrasil.com