Português Inglês Persa
Hoje é Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019
Turismo no Brasil - 4 - Angra dos Reis - RJ


Turismo no Brasil - 4 - Angra dos Reis - RJ

Angra dos Reis fica na chamada Costa Verde e as praias são irresistíveis e com magníficas vistas ligando a Mata Atlântica ao Oceano



Em um belo recanto aonde atravessa a rodovia Rio-Santos, Angra oferecem magníficas vistas ligando a Mata Atlântica ao Oceano, e está próximo de outras cidades voltadas ao turismo e de ótimas praias. Frequentada por grande parte de turistas estrangeiros ou residentes na cidade de São Paulo. A Ilha Grande que integra o município de Angra dos Reis é um verdadeiro capítulo a parte por sua história, tamanho, beleza, e águas sempre límpidas de suas praias irresistíveis. A cidade de Angra dos Reis é conhecida desde o descobrimento do Brasil. Causou muito interesse aos portugueses pelas maravilhas que ali encontraram. Suas 365 ilhas, além de muitas praias, em plena mata atlântica compunham o mapa do lugarejo que era habitado por índios e escravos. O município se tornou o principal exportador de ouro vindo de Minas Gerais e Café do Vale do Paraíba, tendo também uma importante atividade canavieira. No século passado, na década de 50, foi construído o Estaleiro Verolme e a instalação pela Petrobrás de um terminal de desembarque de petróleo. Depois, por volta de 1970, vieram as usinas atômicas de Angra I e II. A área do município é de 626 km² no continente e 193 km² no total de suas ilhas. Angra dos Reis fica na chamada Costa Verde, aproximadamente à 150 do km Rio de Janeiro, cidade com monumentos históricos, em suas ruas laterais longe do porto. Você encontra o convento Nossa Senhora do Carmo, que forma um conjunto em área de frente para o mar, com a Praça General Osório, tombado em 1970 pelo SPHAN e a Igreja da Ordem Terceira do Carmo. Em suas cercanias fica o Chafariz Marquês de Herval. Revitalizando a área, encontramos o Mercado Municipal. O Colégio Naval cujas obras tiveram início em 1911, no governo de Hermes da Fonseca, foi construído em área que a Câmara Municipal cedeu à Marinha, com vistas à construção de um colégio militar.
A natureza foi generosa com a baía de Angra dos Reis, presenteando-a com nada menos que 365 ilhas salpicadas em um mar de águas verdes e cristalinas. A melhor maneira de conhecê-las é de barco, em passeios que levam a cenários paradisíacos e variados. No cardápio estão recantos isolados - os preferidos dos ricos e famosos para erguerem seus refúgios - e também praias badaladas, como a do Dentista, onde o engarrafamento de lanchas e iates é constante na alta estação. Por ali, a mordomia tem espaço de sobra - os bares flutuantes levam drinks e petiscos até às embarcações logo após os pedidos serem feitos via rádio.
Angra foi contemplada, ainda, com uma diversificada e colorida vida marinha, o que faz da região um dos melhores pontos de mergulho do país. Além de peixes de inúmeras espécies, moluscos, crustáceos, tartarugas e moréias, os adeptos da atividade encontram naufrágios escondidos.
Quem aposta somente nos equipamentos básicos, como máscara e snorkel, também não se decepciona - nos arredores das ilhas Botinas, cartão-postal do destino, há muitas belezas a serem apreciadas debaixo d'água.
No verão, engarrafamento de lanchas é comum na praia do Dentista
Em terra firme, as atrações ficam por conta do Centro Histórico, com casario colonial, conventos e igrejas; e dos charmosos restaurantes do bairro da Vila do Frade. Em muitos estabelecimentos, apreciar a paisagem é tão prazeroso quanto degustar os pratos.
Depois do jantar, caso seja verão, todos os caminhos levam ao mar novamente - o agito noturno também tem as ilhas como pano de fundo. O endereço muda a cada temporada, mas a pista está sempre fervendo.

http://www.guiadoturismobrasil.com/
http://www.feriasbrasil.com.br/