Português Inglês Persa
Hoje é Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019
Venha conosco ao Irã - 03 - Província de Fars - Parque Nacional de Bamu


Venha conosco ao Irã - 03 - Província de Fars - Parque Nacional de Bamu

Na matéria anterior tínhamos falado que a província da Fars, situada no sul do Irã, em geral, era uma região montanhosa, cujas montanhas fazem parte da extensa cordilheira de Zagros, que se estende desde o noroeste até o sul do país.



No entanto, a altura das montanhas na província da Fars se reduz gradualmente, formando amplas montanhas, mas de pouca altura. Esta topografia nesta região, a precipitação das chuvas, causaram as condições climáticas variadas, bem como uma ampla diversidade de plantas e animais da região.

Tal diversidade biológica tem criado um dos parques nacionais mais bonitos do Irã, conhecido como “Bamu”. Dada a importância deste parque do ponto de vista turístico e ecoturismo, decidimos dar-lhes a conhecer este belo parque, na primeira parte do nosso programa de hoje.

O parque “Bamu” está situado na norte da província da Fars, ao nordeste da cidade de Shiraz. Ele está dividido em duas zonas: a oriental e a ocidental que se encontram divididas pela estrada Shiraz-Isfahan. O parque “Bamu” está localizado a 5 Km de Shiraz. Incialmente em 1963, o parque de “Bamu”, com uma extensão superior a 100 mil hectares, era considerado uma região da caça proibida. Simultaneamente com o aumento da população e o desenvolvimento da cidade de Shiraz, seu tamanho foi reduzido e quase seis anos após a data referida em na década setenta, foram tornado numa zona de proteção ambiental, alguns anos mais tarde, passou a ser considerado como um parque nacional. Atualmente a sua área possui mais de 40.000 hectares e inclui três cadeias de montanhas que se estendem de forma paralela na direção do este para o oeste. O pico mais alto deste parque está localizado na montanha “Bamu”, com uma altura de 2.700 metros, que pode claramente ser observado da cidade de Shiraz.

Entre estas montanhas, também há planaltos estreitos onde pode ser observado um considerável número de gazelas. Nas colinas das montanhas também encontram um grande número de carneiros e ovelhas. Com base nos estudos realizados, foram localizados no parque nacional de “Bamu” 32 tipos de mamíferos, 91 espécies de aves, 19 tipos de repteis e três tipos de anfíbios. Cabe assinalar que 18 tipos de aves protegidas, seis tipos de aves em perigo de extinção e quatro tipos de mamíferos protegidos se encontram neste parque.

As características especiais das rochas deste parque são, também, um “habitat” seguro para os animais selvagens.

Um clima agradável e precipitações frequentes têm levado à formação de uma vegetação bem diversificada no parque nacional de “Bamu”. Há diferentes tipos de flores que crescem no parque, na primavera se encontram em abundante Amapola e a Tulipa em toda a região de Shiraz e criam um panorama muito bonito por sua diversidade de cores e ampla extensão. Até agora foram detectadas no parque mais de 300 tipos diferentes de plantas que possuem propriedades farmacêuticas. A vegetação do parque tem criado um ambiente adequado para a população de gazelas, carneiros, ovelhas e cabras. Existem outros tipos de animais como panteras, lobos, hienas, gatos das florestas e chacais que levam uma vida cómoda neste parque ambiental. Também se encontram uma diversidade de aves e pássaros, como o pardal, e a águia-real. Podem ser observados bandadas de pardais, em qualquer lugar do parque.

Queridos ouvintes, o parque nacional de “Bamu” é uma das poucas regiões do Irã onde ainda é possível observar, bem de perto, a vida de animais selvagens. A diversidade de fauna e plantas, bem como as paisagens naturais, é um dos pontos fortes deste parque que conduzem à atração de turistas e o um ambiente propicio de ecoturismo na região. Assim mesmo, há razões mais que suficientes para atrair a pesquisa ecológica no parque nacional de “Bamu”.

Devido a sua riqueza natural e sua curta distância aos centros científicos, este parque se tornou num lugar adequado para a realização de pesquisas científicas no campo botânico e a zoologia. Além disso, o parque nacional “Bamu” é um lugar bem atraente, onde muitas famílias passam seus fins de semana, desfrutando da beleza da natureza e do seu clima agradável.

Estimados ouvintes, na segunda parte do programa de hoje, vamos falar de outro ecossistema singular da natureza iraniana, na província da Fars, chamado “o lago Bakhtegán”. Este lago faz parte do parque nacional de Bakhtegán. Desde 1968, Bakhtegán tem sido considerada uma zona protegida devido a sua importância ecológica e, anos depois, se alterou sua condição à de parque nacional. Este parque nacional, com uma superfície mais de 117.000 hectares, se localiza também na província de Fars. A altitude média varia entre 1.560 a 2.480 metros, a precipitação anual é de 330 mm, e a temperatura média anual é de 15 graus centígrados. Tais condições faz com que o parque nacional de Bakhtegán” tenha um clima temperado e árido ao mesmo tempo.

Na norte do parque situam o lago de Bakhtegán e algumas zonas montanhosas, onde se encontram os refúgios de animais silvestres. A água do lago é doce no desague dos rios, mas é salgada no seu interior. O lago de Bakhtegán, com uma profundidade de 3 metros, nos anos em que chove muito, se mistura com o lago de Tashak e juntos criam um lago maior. Diversos tipos de espécies aquáticos, tais como algas marinhas, crescem frequentemente no lago. Na parte seca do parque nacional de Bakhtegán, crescem algumas árvores como almendras. As ilhas no meio do lago também são lugares adequados como ponto de passagem de muitas aves migratórias. Por esta razão, os organismos internacionais competentes consideram o “Parque Nacional de Bakhtegán” como um importante habitat para estas aves.

Nesta região também há diferentes tipos de animais como cabras, carneiros, ovelhas, panteras, flamencos, patos, pelicanos brancos, abutres e tartarugas. A ampla variedade de alimentos na água deste lago tem provocado a presença considerável de um tipo especial de camarão, chamado de Artemia. As diversas características biológicas e ambientais, junto a sua linda natureza, têm tornado o “Parque Nacional de Bakhtegán” em um lugar adequado para as atividades científicas, pesquisas e turismo.

Estimados ouvintes, as descrições ambientais e da natureza da província da Fars não se limitam ao que acabamos de ouvir. No programa seguinte, conheceremos outra parte das atrações naturais desta província.

http://parstoday.com/